Leia mais

COP 21 – Confira a participação do Instituto Pólis e da ARZB

Não geração de resíduos, alternativas à incineração e agroecologia foram alguns dos temas levados à Conferência A 21ª Conferência das Partes das Nações reuniu ministros de 195 países para discutir um acordo que limitasse as emissões de carbono nos próximos anos. O Instituto Pólis, representando também a Aliança Resíduo Zero Brasil, esteve presente para levar contribuir nas construções de estratégias e ações globais voltados para resíduo zero. A coordenadora de Resíduos Sólidos do Pólis e articuladora da ARZB, Elisabeth Grimberg, que esteve presente, comenta que o evento foi importante porque a sociedade civil internacional pressionou os governos para que ...
Leia mais

São Paulo lança Projeto Piloto de Pátio de Compostagem

  No dia 15 de dezembro, terça-feira, foi o lançamento do Pátio-piloto Descentralizado de Compostagem do Programa Feiras e Jardins Sustentáveis. O pátio está localizado no bairro na Lapa, na cidade de São Paulo, na Avenida José Maria de Faria, 487. Patrícia Blauth, da Menos Lixo, e Clauber Leite, representante do Instituto Pólis, ambos representando a Aliança Resíduo Zero Brasil, compareceram ao evento para prestigiar este avanço na gestão de resíduos sólidos na cidade. O Pátio está previsto no Programa de Metas 2013-2016: "Meta 92: Promover a compostagem dos resíduos sólidos orgânicos provenientes das 900 Feiras Livres Municipais e dos serviços de ...
Leia mais

Aliança Resíduo Zero Brasil participa de encontro latinoamericano sobre biodigestão

  O 7º Encontro da Rede Biolac para a América Latina e o Caribe aconteceu de 9 a 13 de novembro em Santiago, no Chile. Com o tema “De resíduos agrícolas a sólidos urbanos, o potencial da biodigestão na gestão sustentável e autoabastecimento energético”, o evento teve uma semana de atividades e debates entre participantes e especialistas nacionais e internacionais a respeito do processo de biodigestão. O encontro se constituiu em três partes: curso introdutório sobre biogás e biodigestores em pequena e média escala, saída ao terreno para visitação de sistemas e Congresso Latinoamericano. Clauber Leite, co-promotor da Aliança Resíduo Zero Brasil ...
Leia mais

Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP cria Centro de Valorização de Resíduos Orgânicos

Local servirá de aprendizado para população e estudiosos da área de sustentabilidade Em processo de instalação, o Centro de Valorização de Resíduos Orgânicos da Escola de Artes, Ciências e Humanidades, é o novo projeto coordenado por Ednilson Viana, iniciado por ele com base na colaboração de alunos, e depois com a participação das professoras Silvana Godoy e Sylmara Dias. O projeto, ainda em fase inicial, tem como intenção dar destaque à importância da gestão de resíduos orgânicos no ambiente urbano, e aproximar o gerador de pequeno e médio porte das possibilidades de gestão demonstrando na prática como funcionam. O pesquisador questiona a dificuldade de ...
Leia mais

Confira a publicação “Gestão Sustentável de Resíduos Sólidos Urbanos – Uma proposta para Itanhaém”

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Itanhaém, o Instituto Pólis lançou a publicação "Gestão Sustentável de Resíduos Sólidos Urbanos - Uma proposta para Itanhaém". O documento é resultado do trabalho que foi desenvolvido ao longo de um ano e meio para a concepção de um novo sistema de coleta seletiva e biodigestão na cidade de Itanhaém. O projeto foi realizado com apoio da LARCI- Latin America Regional Climate Initiative.   O intuito do Projeto de Implementação de Sistema de Biodigestão no Município de Itanhaém é promover, disseminar e contribuir para a implantação de alternativas tecnológicas de manejo e disposição final dos resíduos sólidos ...
Leia mais

ALIANÇA RESÍDUO ZERO BRASIL REALIZA VISITA TÉCNICA AO CEAGESP

Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) do CEAGESP. Fonte: Revista Exame Neste mês de setembro Elisabeth Grimberg e Clauber Leite, copromotores da ARZB, estiveram no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) do CEAGESP na capital paulista para conhecer os planos de compostagem do maior entreposto de alimentos da América Latina. Angelo Bolzan, Coordenador de Desenvolvimento Sustentável e Ubiratan Martins Ferraz, também da Coordenadoria de Sustentabilidade, receberam os representantes da ARZB. Após conhecer os objetivos e trabalhos da Aliança eles apresentaram que o ETSP e os demais 12 entrepostos do Estado estão estudando soluções para seus resíduos orgânicos no processo de ...
Leia mais

A compostagem domiciliar como instrumento de política pública em São Paulo

Dan Moche Schneider, Cláudio Spínola e Guilherme Turri “Utopía ella está en el horizonte. Me acerco dos pasos, ella se aleja dos pasos. Camino diez pasos y el horizonte se corre diez pasos más allá. Por mucho que yo camine, nunca la alcanzaré. Para qué sirve la utopía? Para eso sirve: para caminar” Eduardo Galeano A compostagem domiciliar passou a ser objeto de política pública de São Paulo a partir do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da cidade de São Paulo - PGIRS, publicado em 2014.  Nesse mesmo ano foram distribuídas composteiras a dois mil domicílios. Os primeiros resultados são surpreendentes! ANTECEDENTES Em 2013, três anos depois ...
Leia mais

Instituto Pólis fala sobre resíduos sólidos no 1º Simpósio de Políticas Sustentáveis e Educação Ambiental

Entre os dias 21 e 22 de agosto aconteceu em Campo Grande (MS) o 1º Simpósio de Políticas Sustentáveis e Educação Ambiental. O evento, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), reuniu cerca de 300 pessoas interessadas em se aprofundar e discutir sobre os desafios do manejo de resíduos sólidos urbanos. Elisabeth Grimberg, coordenadora da área de resíduos sólidos do Instituto Pólis, fez a palestra magna na abertura do evento. “O encontro teve um caráter de formação para uma compreensão mais aprofundada dos avanços e desafios para a efetiva implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos no país”, comenta ...
Leia mais

Destinação de Resíduos e Emissão de Carbono

Por Dan Moche Schneider   A Política Nacional de Resíduos Sólidos estabeleceu em seu artigo 9º que a prioridade é para compostar e reciclar. Enviar compostaveis e recilaveis para o aterro , segundo a PNRS (antes do adiamento) nao era permitido. E diversos estudos convergem para a rota da reciclagem como a melhor rota para redução do uso de recursos naturais, das emissões de GEE e maior economia de energia. A captacao de GEE em aterros sanitarios na America do Sul eh pouco eficaz, deixando escapar a maior parte do GEE para a atmosfera.   Estudo realizado para a Comunidade Europeia sobre rotas tecnológicas para a gestão de lixo e mudanças climáticas ...
Leia mais

Como cuidar do lixo e do esgoto sem gerar gases de efeito estufa?

Débora Spitzcovsky - 13/11/2013 às 09:00   Apenas 48% das casas brasileiras têm esgoto sanitário, segundo o Ministério das Cidades, e cerca de 30% dos municípios do país não têm nenhuma iniciativa de coleta seletiva, de acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). Os números – comentados por especialistas durante o seminário de lançamento do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa do Brasil, promovido em 07/11, em São Paulo, pelo Observatório do Clima – deixam claro que a população do Brasil ainda sofre com a ausência de serviços básicos. Na lista de desejos (e ...