PROGRAMA RECICLA TIBAGI

 

logo recicla

PAÍS, ESTADO E MUNICÍPIO: BRASIL, PARANÁ, TIBAGI

CARACTERÍSTICAS DO MUNICÍPIO: O município localiza-se a 226 km da capital do Estado, integra a mesorregião centro oriental paranaense conhecida como Campos Gerais, e a microrregião de Telêmaco Borba, formada pelos municípios de Telêmaco Borba, Tibagi, Ventania, Imbaú, Ortigueira e Reserva. Possui área territorial de 2.950,271 km², sua produção econômica esta estruturada na produção de grãos, em especial da soja e trigo. Além disso, a criação de animais como os bovinos ou suínos e o forte investimento no setor turístico tem alavancado economicamente o município. A princípio, Tibagi teve a extração mineral como principal atividade econômica. Atualmente, tem nos setores primários e de serviços as suas mais importantes atividades.

População: 20.283 hab.

IDH: 0,664

NOME DO PROJETO: PROGRAMA RECICLA TIBAGI

CATEGORIA/INICIATIVA:  Empresarial ( ) Governamental ( X )  Individual/Coletiva ( )

DESCRIÇÃO DO PROJETO

Implantado em 29 de maio de 2009, o Recicla Tibagi é resultado de um convênio firmado entre a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Tibagi (ACAMARTI) e a Prefeitura Municipal, sendo responsável pela limpeza pública do município, desde a varrição de logradouros públicos, coleta porta a porta, triagem, compostagem e destinação final dos resíduos sólidos urbanos. O objetivo inicial foi resolver o problema do lixão do município de Tibagi.

Ao completar 06 (seis) anos de funcionamento do Programa Recicla Tibagi, 2015, o Centro de Triagem e Compostagem de Tibagi (CTCT), passaram por reformas e adaptações em suas instalações, foram revitalizadas: o refeitório, banheiros, vestiários, escritório, áreas externas, barracão de triagem, instalação de esteiras automatizadas, toda a estrutura elétrica do aterro foi refeita e melhorada, possibilitando o trabalho futuro em 02 (dois) turnos, se necessário, foi construída uma nova trincheira impermeabilizada com a instalação de geomembrana, com sistema de drenagem das águas pluviais, sistema de drenagem de líquidos percolados (chorume) e sistema de drenagem de gases.

Foi instalada uma nova estufa para produção de flores, que utilizam o material orgânico produzido nas compostagens. O município observou na venda de flores uma oportunidade de aumentar a renda dos associados, as quais também são vendidas para a prefeitura para serem plantadas nas praças e prédios públicos.

Foram fornecidos novos EPIs e uniformes aos associados em comemoração à data alusiva do aniversário da ACAMARTI.

Em 2018 o município fez uma reestruturação da coleta seletiva, na qual, com patrocínio, conseguiram disponibilizar para cada residência uma sacola de ráfia, permitindo a segregação dos materiais recicláveis na fonte. Para a coleta, o município foi dividido em setores, os quais possuem seus dias específicos para a coleta. Caso o munícipe necessite de uma nova sacola, a antiga é devolvida e enviada para reciclagem.

O projeto também recebeu, no final do ano, uma doação do Instituto das Águas Paranás, na qual recebeu: um caminhão para coleta, 20 lixeiras, curso de capacitação, EPIs, uma prensa, uma esteira, 40 bags e alguns carrinhos. O barracão onde estes instrumentos serão instalados foi reformado, ganhando nova instalação elétrica e piso. Além disso, foi adquirida uma balança rodoviária para que seja realizada a pesagem dos resíduos, permitindo o pagamento através desta.

Como forma de envolver ainda mais a população, as escolas elaboraram um concurso para a criação de um mascote e um jingle para a coleta seletiva.

Em maio de 2019, a Prefeitura de Tibagi participará do Fórum Sul Americano, em Foz do Iguaçu, para apresentar o trabalho com compostagem

Estas ações demonstram a preocupação do Poder Público Municipal que vai de encontro ao cumprimento da Lei n° 12.305/2010, bem como à atenção às determinações e orientações do Ministério Público Estadual e Órgãos Públicos responsáveis, pela correta destinação dada aos resíduos sólidos dispostos no Aterro, comprovando o respeito e a dignidade de forma integral, ao excelente trabalho do Programa Recicla Tibagi, realizado diariamente pelos Agentes Ambientais da ACAMARTI.

O Programa Recicla Tibagi também é objeto de estudos para universitários que realizam trabalhos e conclusão de curso, artigos, dissertação além de outras pesquisas abrangendo áreas de Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Administração e Administração Pública, por exemplo.

 

SÍNTESE DO PROJETO

O Centro de Triagem e Compostagem de Tibagi possuem:

  • Três barracões;
  • Pátio de compostagem;
  • Trincheira impermeabilizada com geomembrana e sistema de drenagem de chorume e drenagem de gases;
  • Recepção (guarita) para controle de entrada e saída de veículos não oficiais, bem como a proibição da circulação de pessoas não autorizadas pelo CTCT, de munícipes e de eventuais catadores.
  • Escritório da ACAMARTI, vestiários, banheiros, almoxarifado e refeitório.
  • Local de confraternização.

METODOLOGIA

  • Criação da Associação de Materiais Recicláveis de Tibagi;
  • Formatação do Programa Recicla Tibagi;
  • Construção do Centro de Triagem e Compostagem de Tibagi e desativação do lixão a céu aberto;
  • Capacitação dos catadores de recicláveis, que se transformaram em agentes ambientais;
  • Conscientização ambiental da população de Tibagi.
  • Educação ambiental em escolas e empresas através de palestras, vídeos, participação direta da população (criação de um super-herói, super recicla, e uma música para o caminhão de coleta)

Na operação do Centro de Triagem e Compostagem (CTCT) todo resíduo sólido urbano coletado é encaminhado para o CTCT, onde o resíduo reciclável é separado, prensado e vendido.

O resíduo orgânico é agregado ao material palhoso e dispostos em leiras no pátio de compostagem onde passa por um processo de degradação e maturação, que após um período de 30 a 90 dias, o composto produzido é triturado, vendido in natura para a prefeitura para ser colocado em campos de futebol e usado na produção de flores ornamentais produzidas na estufa dentro do Recicla  Tibagi.

OBJETIVOS

O Programa Recicla Tibagi tem como objetivo implantar um sistema de tratamento de resíduos domiciliares comprometido com a proteção ambiental, através da sistemática de recolhimento, separação dos resíduos sólidos e destinação correta dos mesmos, reintroduzindo-os no processo produtivo e assim aumentando a vida útil do aterro sanitário, reduzindo os impactos ambientais. Também tem o propósito de valorizar os catadores e catadoras de materiais recicláveis, aliando a destinação correta dos resíduos sólidos urbanos e a geração de trabalho e renda.

Medidas como as adotadas contribuem para a preservação do meio ambiente e com a melhoria da qualidade de vida dos integrantes da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Tibagi, valorizando o que temos de mais importante que é o capital humano, representado por cada um dos associados que encontra na reciclagem um trabalho digno e uma fonte de renda. Todas as ações que realizamos, diariamente, são pensadas e direcionadas para dar maior e melhor qualidade de vida e de trabalho aos Agentes Ambientais, proteger a saúde pública e a preservação dos recursos naturais.

INDICADORES QUANLITATIVOS

O Recicla Tibagi tornou-se referência nacional para municípios de pequeno porte por reduzir de maneira significativa a quantidade de resíduos destinados ao aterro sanitário, recebendo títulos como:

  • Ehco Cidade Limpa pelo Estado do Paraná através do Instituto Ambiental do Paraná;
  • foi premiado pelo Ministério do Turismo com o Troféu Roteiros do Brasil como primeiro lugar na categoria Sustentabilidade Ambiental em Municípios;
  • Experiência Exitosa em gestão de resíduos pela Câmara dos Deputados Federais;
  • Finalista do Prêmio Eco Cidade 2011 pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), e;
  • Em 2018 o Prêmio MPT Cidade Pró-Catador, reconhecimento às Melhores Iniciativas de Coleta Seletiva Solidária – Bronze.

INDICADORES QUANTITATIVOS

  • Produção diária de resíduos no município: aproximadamente 12 toneladas/dia;

Constituição do quadro funcional da ACAMARTI

  • Total 87 associados;
  • Unidade: 42 associados na triagem e compostagem
  • Varrição: 29 associados
  • Coleta: 12 associados
  • Afastados: 4 associados
  • Escolas trabalhadas: 6 municipais, 4 estaduais e 1 particular

RESULTADOS

  • Melhoria na qualidade de vida dos Agentes Ambientais da ACAMARTI;
  • Melhor entendimento da população sobre a correta separação e destinação dos resíduos sólidos.
  • Proteção à saúde pública.
  • Educação Ambiental – com inclusão dos catadores, em todas as escolas do município e estados, comunidades, empresas (palestras, peças teatrais, vídeos pela secretaria do meio ambiente)
  • Melhoria na limpeza pública da cidade;
  • Geração de trabalho e renda aos associados da ACAMARTI
  • Destinação correta de materiais recicláveis, orgânicos e rejeitos.
  • Aumento da vida útil do Aterro
  • Estufa de flores utilizando o composto (analisado a cada 4 meses), plantadas nas praças e departamentos públicos – prefeitura compra dos catadores
  • Em 2018 prêmio para catador do Ministério Público do Trabalho, pela reestruturação da coleta seletiva

CONTATOS

Rildo Leornadi

Prefeito Municipal

 

Helynez Izabel Santos Ribas

Vice Prefeita

 

Leri Aparecida Ribeiro

Secretária Municipal de Meio Ambiente

 

Prefeitura Municipal de Tibagi

www.tibagi.pr.gov.br
(42)3916-2151/ 9.8812-0309

[email protected]

Postagem em julho de 2015

Atualizado em abril de 2019

 

Este slideshow necessita de JavaScript.