Startup da Califórnia está encontrando dinheiro no lixo

Para frutas e vegetais, o simples fato de chegarem aos corredores dos supermercados é como ganhar o concurso de beleza mais difícil do mundo.

Na verdade, até 2,7 milhões de toneladas de produtos perfeitamente comestíveis são jogadas no lixo a cada ano nos EUA apenas por sua aparência, segundo um estudo do Conselho de Defesa dos Recursos Naturais, com sede no país.

Uma startup chamada Imperfect quer mudar tudo isso.

Criada em Oakland, Califórnia, neste verão americano, a empresa compra toda a produção com formato irregular, torta ou simplesmente com aparência estranha das fazendas da Califórnia e a entrega em residências na região da Baía de São Francisco por US$ 12 a caixa. “Trata-se de um grande modelo, pegar um subproduto — os fazendeiros literalmente o chamam de subproduto — e transformá-lo em um produto que as pessoas queiram comprar”, diz o CEO e cofundador da Imperfect, Ben Simon.

cenoura feiaO próximo passo é expandir o negócio para as grandes lojas de varejo.

Em julho, a Imperfect lançou um programa piloto com a Raley’s, uma rede de supermercados com mais de 120 lojas no norte da Califórnia.

A produção feia pode custar a metade do preço de frutas e vegetais com “nível de mercado”.

A Raley’s disse que foi inspirada pela rede de mercados Intermarché, da França, que em 2014 começou a vender a produção feia com desconto. “O Canadá já tem dois mercados, a Austrália agora também tem alguns. O negócio realmente está decolando desde o ano passado”, diz Jordan Figueiredo, ativista que combate o desperdício de alimentos e criador da campanha @UglyFruitAndVeg nas redes sociais.

“Esperamos que isso agora comece a decolar aqui”.

 

Fonte: http://www.infomoney.com.br/bloomberg/tecnologia/noticia/4241111/startup-california-esta-encontrando-dinheiro-lixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.