Leia mais

Municípios têm de usar os orgânicos em compostagem e biodigestão

  A maior parte dos municípios brasileiros tem menos de 50 mil habitantes. Das 5.570 cidades, 3.915 estão nessa faixa. Os cinturões verdes, áreas ao redor dos centros urbanos formadas de pequenos sítios, chácaras, reservas, pomares são de grande importância para a manutenção da qualidade de vida dos cidadãos. Usar os resíduos orgânicos dessas cidades na agricultura ou na geração e energia ou combustível é a melhor solução. Além de manterem o microclima regional, nos cinturões verdes são em geral cultivados frutas e hortaliças, para abastecer os mercados urbanos e evitar grandes viagens desses produtos de caminhão, o que significa economia de ...
Leia mais

Brazil’s São Paulo launches plastic bag restrictions, fines

Supermarkets in São Paulo can now only offer plastic bags made from plant-based plastics, and those bags must be color-coded green or gray. Brazil’s mega-city of São Paulo initiated a ban on petroleum-based plastic grocery bags on April 5, following a multi-year dispute between plastic industry trade groups and city government. Supermarkets can now only offer bags made from plant-based plastics, and those bags must be color-coded green or gray for use with recycling or trash. Citizens who don’t use the bags properly face potential fines. São Paulo aims to increase recycling by requiring that only the green bags be used for recyclables, an unusual provision in a bag law. But ...
Leia mais

Destinação de Resíduos Sólidos está longe do ideal na Baixada Santista

A produção crescente de lixo pela sociedade aprofunda a necessidade da tomada de decisões para ampliação dos processos de reciclagem, a melhor alternativa para amenizar os impactos ambientais e garantir novas fontes de renda.   27 de março de 2015 - 20:55 Cris Challoub Nara Assunção Você sabe qual o destino do seu lixo? Muitos infelizmente não saberão responder a pergunta. Afinal o que acontece com os resíduos sólidos que todos geram diariamente, seja em casa ou no trabalho? Em uma sociedade cada vez mais consumista, onde ter é ser, a quantidade de resíduos apenas aumenta a cada ano, sem a devida conscientização do descarte. Para se ter uma ...
Leia mais

Oceanos recebem 8 milhões de toneladas de plástico por ano

Fonte: SOS Mata Atlântica Um estudo publicado na revista Science revelou que os oceanos recebem, a cada ano, 8 milhões de toneladas de lixo plástico. “Isso equivale a cinco bolsas de compras cheias de sacos plásticos a cada 30 centímetros no litoral dos 192 países analisados”, disse, em entrevista coletiva, Jenna Jambeck, professora de engenharia ambiental da Universidade da Geórgia, que liderou o estudo. O levantamento analisou dados de resíduos sólidos recolhidos em 192 países em 2010. Antes deste estudo, a última estimativa sobre lixo plástico nos oceanos foi em 1975. Os resultados indicam que, das 275 milhões de toneladas de resíduos plásticos gerados em ...
Leia mais

Brasil pode reduzir em 74% as emissões de CO2 do lixo

Fonte: Sergio Adeodato - Edição: Mônica Nunes - Planeta Sustentável As ações previstas na nova lei de resíduos, como o consumo responsável para a redução de lixo, a reciclagem e o uso de aterros sanitários para gerar energia, têm o potencial de diminuir drasticamente os gases do efeito estufa. De acordo com estudo do Centro de Tecnologia de Embalagem - Cetea, de Campinas (SP), o corte de carbono emitido pelo lixo brasileiro poderá atingir 74%. Os dados foram divulgados oficialmente na COP16 - Conferência sobre Mudanças Climáticas, realizada em Cancún, no México, e que terminou no dia 10. "Os números reforçam a importância da educação do consumidor e apontam caminhos ...
Leia mais

El cambio climático visto desde el Sur

Varios peligros amenazan a la humanidad, pero dos de ellos son decisivos y están lejos de resolverse: la guerra nuclear y el cambio climático, según ha señalado Fidel Castro. La pesadilla nuclear no acabó con el fin de la “Guerra Fría” que enfrentó a las dos superpotencias (Estados Unidos y la URSS), nuevos países (Israel, India, Pakistán, Corea del Norte) se unieron al “club” de los poderosos países poseedores de las armas nucleares (Estados Unidos, Rusia, Reino Unido, Francia y China). Poco a poco, el stock ha ido creciendo hasta alcanzar la cifra de 20 000 proyectiles nucleares. El empleo de apenas un centenar de estos sería suficiente para crear un invierno ...