Chile: Nova Lei de Reciclagem impõe às empresas o financiamento e metas de coleta e valorização de seus resíduos gerados

Em Maio o Ministério do Meio Ambiente do Chile estabeleceu uma política pública que fixa metas anuais de recuperação de óleos lubrificantes, materiais eletroeletrônicos, embalagens, pilhas, baterias e pneus assim que chegam ao fim de sua vida útil. O objetivo é aumentar a taxa de reciclagem do país para mais de 30%. Atualmente a taxa de reciclagem do Chile chega a 10%.

Porta MMA Chile
Portal MMA Chile

A Presidente da República, Michelle Bachelet, acompanhada pelo Ministro do Meio Ambiente, Pablo Badenier, promulgaram a Lei “Reciclaje y Responsabilidad Extendida del Productor”, cujo objetivo é diminuir a geração de resíduos no Chile e aumentar a taxa de valorização destes incorporando novos instrumentos de gestão ambiental. Hoje o Chile produz cerca de 17 milhões de toneladas de resíduos por ano, dos quais 7 milhões correspondem aos resíduos domiciliares.

Esta iniciativa legal busca formalizar uma industria de reciclagem no país, responsabilizando fabricantes e importadores de seis produtos prioritários na organização e financiamento da recuperação dos resíduos gerados pelos seus produtos.

 

Isto permitirá que o Chile impulsione a geração de empregos e empreendimentos verdes, assim como os novos elementos para a gestão de resíduos, entre eles a certificação, a rotulação e as eco-etiquetas, a coleta seletiva e separação en origem, entre outros.

O Ministro Pablo Badenier afirma: “Hoy Chile cuenta con una ley que establece una política pública eficiente en materia de reciclaje y de gestión de residuos. Hoy existen empresas recicladoras que deben importar, por ejemplo, botellas plásticas de otros países para obtener la materia prima necesaria para su industria. Esta ley garantizará volúmenes suficientes de materiales para las empresas recicladoras ya existentes, y abre un gran espacio para nuevos emprendimientos en esta materia.”.

Confira a matéria na íntegra no site do Ministério do Meio Ambiente do Chile

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.