Leia mais

Fotógrafo guarda lixo que produziu durante 4 anos e lança alerta com série poderosa

Fonte: Hypeness Você já parou pra pensar na quantidade de lixo que geramos ao longo da vida? Em média, cada brasileiro é capaz de produzir diariamente 1,5 kg de resíduos tanto orgânicos quanto inorgânicos, que muitas vezes são descartados de maneira errada oferecendo riscos ao meio ambiente. Em países mais desenvolvidos, como nos EUA e Noruega, esse número cresce para até 2,5 kg por habitante, já que o uso de descartáveis por lá é muito maior. Pensando nestes dados, que só tendem a aumentar, uma vez que o mundo moderno nos traz comodidades quase sempre acompanhadas de uma embalagem, o fotógrafo francês Antoine Repessé passou quatro anos guardando todo o lixo que ...
Leia mais

Moradores ganham luta travada contra a segunda maior empresa de cimento do mundo

  Líderes comunitários de uma região da Eslovênia ganharam uma luta travada há dez anos contra a segunda maior empresa de cimento do mundo, a Lefarge. Há anos, a companhia praticava técnicas de incineração de lixos tóxicos provenientes da produção de cimento na região, que tem a maior taxa de câncer do país. Quando a queima começou, Uroš Macerl and Eko Krog, líderes de movimentos da região, iniciaram uma campanha contra a Lefarge, expondo fraudes da empresa, organizando grandes manifestações e construindo estratégias legais para bloquear a prática de incineração dos materiais. Neste contexto, GAIA - Global Alliance for Incinerator Alternatives ...
Leia mais

Produzimos tanto lixo que criamos nova camada geológica cheia de futuros fósseis

Matéria publicada originalmente no Uol Notícias Você sabe que o consumismo desempenha um enorme papel na mudança climática --todo o combustível fóssil que temos de queimar para fabricar e transportar nossas coisas, todas as árvores cortadas para dar lugar a cidades e empresas em expansão, todo o gado que sacia nosso apetite crescente por hambúrguer e churrasco. Mas o impacto ambiental que todos os nossos bens materiais têm no planeta vai muito além dos gases do efeito estufa emitidos no processo de criar e transportar essas coisas. Na verdade, grande parte dele tem a ver com o que deixamos para trás. É um fenômeno criado pelo homem tão grande que os cientistas ...
Leia mais

Desmoronamento em lixão da Etiópia deixa 70 mortos

Na Etiópia, cerca de 70 pessoas morreram e outras ainda estão desaparecidas após o desmoronamento de toneladas de resíduos sólidos em um lixão, na cidade Adis Ababa, capital do país, no dia 11 de março. Apesar de estar há quase 10 anos inabilitado a receber mais resíduos, continua funcionando há mais de 50. No Brasil, segundo o Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis, também são frequentes os casos de acidentes em lixões, muitas vezes resultando em mortes. Mesmo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que previa a extinção deste tipo de destinação até 2014, chegamos em 2015 com mais 3,3 mil municípios com lixões, que até hoje persistem. ...
Leia mais

MIEMBROS DE GAIA VISITAN FILIPINAS PARA PROFUNDIZAR EN ESTRATEGIAS DE TRABAJO EN TORNO A PLÁSTICOS

Foto de Zero Waste Europe Tres miembros de GAIA de la región visitaron localidades dramáticamente afectadas por la polución por plásticos en Filipinas, en el marco de un encuentro que tuvo por objetivo alinear estrategias de trabajo en torno a la descontrolada producción de plásticos y los precarios sistemas de gestión para su recogida y tratamiento en el mundo, los que generan dramáticos niveles de contaminación particularmente en los mares. Los participantes pertenecen a países con grandes superficies costeras y esperan volver a sus territorios con nuevas ideas y planes de acción para concretar en el marco de sus articulaciones nacionales. En la actividad en Filipinas ...
Leia mais

Argentina, Brasil e Chile: a realidade dos resíduos sólidos

Países ainda não possuem políticas efetivas de apoio aos catadores e de manejo sustentável de resíduos, afirmam especialistas No dia 12 de Julho, o Instituto Pólis abriu as portas para a Aliança Resíduo Zero Brasil e a UMAPAZ receberem a chilena Maud Ruiz e o argentino Mirko Moskat, com o objetivo de apresentar os desafios e os trabalhos realizados na luta pela diminuição da produção de resíduos sólidos e pelo tratamento adequado dado a estes. Além deles, estavam presentes Nina Orlow, Victoria Risso e Clauber Leite, da Aliança Resíduo Zero Brasil, Ana Beatriz e Sérgio Rosenberg, da UMAPAZ e Davi Amorim, do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, da ...
Leia mais

Dia Mundial Sem Sacola Plástica

Cerca de 290 milhões de tonelada de resíduos plásticos são produzidos ao redor do mundo anualmente   Hoje se comemora o 7º Dia Mundial Sem Sacolas Plástica, celebrado todo o dia 3 de julho desde 2009. Este dia é uma grande oportunidade coletiva para destacar as campanhas e iniciativas contra o uso de sacolas plásticas de uso único. Organizado pela GAIA e Resíduo Zero Europa, a iniciativa deste dia surgiu pela Fundació Prevenció de Residus i Consum, e é patrocinada por organizações e alianças internacionais. No mundo todo, a cada ano muitas pessoas e organizações se unem para difundir a importância de gerar consciência sobre o uso das sacolas plásticas, assim ...
Leia mais

Cidade japonesa pretende ser a primeira do mundo a ter lixo zero

A cidade já recicla ou composta 80% do lixo produzido. Mas, em quatro anos a prática deve ser universalizada. São 34 divisões para a separação do lixo e todos são obrigados a respeitá-las. | Foto: Reprodução/YouTube   O município de Kamikatsu, em Tokushima, Japão, já é referência mundial em reciclagem. No entanto, os objetivos da cidade para os próximos anos são ainda mais ambiciosos: chegar a produção zero de resíduos. Para alcançar este alvo, o passo mais importante é a conscientização. Cada um dos 1.700 habitantes é totalmente responsável pelo lixo que produz. Isso significa cuidar da higienização, separação e entrega dos materiais nos ...
Leia mais

Alianza Basura Cero é lançado no Chile

“Alianza que promueve y trabaja activamente el manejo sustentable de los residuos sólidos urbanos, bajo los enfoques de Basura Cero y Economía Circular.” Formada por 12 organizações, entre ONGs, fundações e universidades, que se articularam com o objetivo de promover e trabalhar ativamente pelo manejo sustentável dos resíduos sólidos urbanos, a Alianza Basura Cero Chile foi criada com base nos conceitos de Resíduo Zero e Economia Circular. Esta é uma articulação apartidária, sem vínculos religiosos, cujos membros são organizações sociais e comunitárias autônomas e sem fins lucrativos, sociedade civil. Para conhecer mais sobre a Alianza Basura Cero Chile ...
Leia mais

COP 21 – Confira a participação do Instituto Pólis e da ARZB

Não geração de resíduos, alternativas à incineração e agroecologia foram alguns dos temas levados à Conferência A 21ª Conferência das Partes das Nações reuniu ministros de 195 países para discutir um acordo que limitasse as emissões de carbono nos próximos anos. O Instituto Pólis, representando também a Aliança Resíduo Zero Brasil, esteve presente para levar contribuir nas construções de estratégias e ações globais voltados para resíduo zero. A coordenadora de Resíduos Sólidos do Pólis e articuladora da ARZB, Elisabeth Grimberg, que esteve presente, comenta que o evento foi importante porque a sociedade civil internacional pressionou os governos para que ...