Leia mais

Desmoronamento em lixão da Etiópia deixa 70 mortos

Na Etiópia, cerca de 70 pessoas morreram e outras ainda estão desaparecidas após o desmoronamento de toneladas de resíduos sólidos em um lixão, na cidade Adis Ababa, capital do país, no dia 11 de março. Apesar de estar há quase 10 anos inabilitado a receber mais resíduos, continua funcionando há mais de 50. No Brasil, segundo o Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis, também são frequentes os casos de acidentes em lixões, muitas vezes resultando em mortes. Mesmo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que previa a extinção deste tipo de destinação até 2014, chegamos em 2015 com mais 3,3 mil municípios com lixões, que até hoje persistem. ...
Leia mais

Incineração: um mal desnecessário

Especialistas debateram os impactos que a prática da incineração tem na sociedade Com o tema “Resíduo Zero e Alternativas à Incineração”, aconteceu no dia 6 de outubro o 5º Encontro do Ciclo de Diálogos Resíduo Zero, com a presença de Elisabeth Grimberg, coordenadora de Resíduos Sólidos do Instituto Pólis e co-promotora da ARZB, Paulo Alvarenga, defensor público do estado de São Paulo, Luciano Marcos, do Instituto Nenuca de Desenvolvimento Sustentável (INSEA), Roberval Prates Reis, catador e membro do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, Pedro Roberto Jacobi professor no Instituto de Energia e Meio Ambiente da USP, e Ricardo Pinto Filho, ...
Leia mais

No Brasil, emissões do setor de resíduos atingem maior nível em 2014 e consolidam crescimento

As emissões de gases de efeito estufa provenientes do setor de resíduos sólidos continuam sua trajetória de crescimento no Brasil e atingiram, em 2014, seu maior número absoluto nos últimos 44 anos, segundo as estimativas divulgadas pelo Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG). Foram lançadas 68,3 milhões de toneladas de CO2 equivalente na atmosfera naquele ano, o que representa um crescimento de 80% entre 2000 e 2014 e de 500% desde 1970. Enquanto o setor de resíduos representa a menor parcela de contribuição de emissões com relação aos demais setores (mudança de uso da terra, energia, agropecuária e processos industriais), cerca de 3,7% do ...
Leia mais

DF não cumpre metas da Política Nacional dos Resíduos Sólidos

Aparentemente, as ruas da capital federal são limpas. Entretanto, o Lixão da Estrutural, distante 15km do Plano Piloto, ainda é uma questão a ser resolvida pelo Executivo local. Levantamento inédito do Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana do Estado de São Paulo (Selur) mapeou o cumprimento das recomendações da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS). O Distrito Federal recebeu classificação C — marca considerada ruim. Com o descarte correto, no aterro sanitário em Samambaia, o DF estaria entre as 10 melhores cidades com mais de 250 mil habitantes do Brasil. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) garante estar passando por modernização. Para que uma cidade tenha um ...
Leia mais

Plano tenta acabar com 280 lixões no Ceará

Hoje, o Estado lança o Plano e a Lei Estadual de Resíduos Sólidos, além de um diagnóstico sobre o descarte de lixo. por Karine Zaranza - Repórter Apesar de a Lei 12.305, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos em 2014 e proíbe os lixões, o Ceará ainda mantém 280 locais de descarte de lixo a céu aberto. O diagnóstico preocupante será apresentado hoje pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) durante o lançamento do Plano e a Lei Estadual de Resíduos Sólidos, na Assembleia Legislativa, com a presença do governador Camilo Santana. "É um dos mais graves problemas ambientais do Ceará atualmente. Com o plano, queremos, em 20 anos, acabar com a vergonha de ...
Leia mais

Mais prazo para os lixões?

O Projeto de Lei 2289/2015, aprovado no Senado e em tramitação na Câmara dos Deputados, dá prazo até 31 de julho de 2018, para capitais e regiões metropolitanas se adequarem. A Política Nacional de Resíduos Sólidos foi aprovada em 2010 e determina que todos os lixões do país deveriam ter sido fechados até 2 de agosto de 2014 Tânia Rêgo/Agência Brasil Por Andreia Verdélio, da Agência Brasil –  Estão em tramitação no Congresso Nacional dois projetos que prorrogam o prazo para que municípios passem a dar o destino adequado aos rejeitos de resíduos sólidos, fechem seus lixões e se ajustem de vez à Política Nacional de Resíduos Sólidos. A proposta que ...
Leia mais

Dilma veta em MP prorrogação do prazo de funcionamento dos lixões

Tema principal da MP era flexibilização para execução de obra de segurança. Dilma vetou todos pontos estranhos à MP, conforme decisão do Supremo.   A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta sexta-feira (20) a medida provisória que flexibiliza a execução de obras de segurança pública, como construções e reforma de presídios. A matéria, no entando, foi sancionada com veto a itens sem relação com o teor original da proposta, como o item que determinava prazo até 2018 para o fim dos lixões. O trecho foi incluído por deputados na proposta quando a MP tramitava no Congresso. A presidente justificou seu veto com base em decisão do Supremo Tribunal Federal ...
Leia mais

Por falta de aterro ou entrave, lixo em SP viaja até 224 km a destino final

Texto publicado nesta segunda-feira, 28 de outubro, na Folha de São Paulo aponta dados divulgados pela CETESB sobre a destinação final dos resíduos dos municípios paulistas que não possuem aterro sanitário. Segundo o estudo 235 municípios despejam resíduos à quilômetros de distância em aterros particuláres e municipais de outros municípios. Veja a matéria completa em: ...
Leia mais

Lixo orgânico vai virar energia limpa no Rio Grande do Sul Lixo orgânico vai virar energia limpa no Rio Grande do Sul

Foi inaugurada em junho a primeira usina de geração de energia a partir do gás de lixo orgânico de aterro sanitário no Rio Grande do Sul. A Biotérmica Energia está pronta para iniciar sua operação. Localizada no aterro sanitário de Minas do Leão, para onde são levadas cerca de 2 mil toneladas de resíduos de Porto Alegre todos os dias, o local que também recebe resíduos de outros 130 municípios do Estado, produzirá energia suficiente para atender uma cidade com 200 mil habitantes. Com investimento superior a R$ 30 milhões pelo Grupo Solví e Copelmi Mineração, a termelétrica tem potência instalada de 8,55 MW e, a pleno, chegará a 15 MW, gerando energia limpa a ...
Leia mais

ALIANÇA RESÍDUO ZERO BRASIL na Mobilização pelo Clima – Pré COP21

No dia 29 de novembro, véspera da COP 21 em Paris, organizações e movimentos do mundo todo se reunirão para mostrar aos líderes mundiais que estão atentos para as decisões que serão tomadas na COP 21. Neste sentido a Aliança Resíduo Zero Brasil está desde julho participando de reuniões para a realização de uma mobilização no Brasil. Essa mobilização visa mostrar aos nossos representantes na COP 21 que estamos de olho no que eles farão em Paris e mobilizar a população para a importância do tema e os impactos das mudanças climáticas. Organizadas pelo Engajamundo participam destas reuniões o Greenpeace, a Avaaz, o Idec, o Bike Anjo, Cidade Ativa, Pimp my carroça ...